O Homem consumido

1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 Rating 0% (0 Votes)
Ratio:  / 0
MaloBueno 
Tamaño letra:

 

o homem consumido

O homem entre a virtualidade e a realidade. o Desfazimento do corpo real e o nascimento do virtual.

Preso. E junto todo o resto e entorno. A carne mastigada em luz, cuspida em sites, cortada em sítios, a imagem rápida; diversa; de tudo quanto é nada. Um nada presentificado, construído dentro e que se expande gradativamente. Outro mundo? Plano de nova realidade. Multifacetária, plurinacional, multiplicável, a falácia do discurso total. Todos os discursos, todas as palavras, todas as vozes, todos os rostos.



Powered by Bullraider.com
Miércoles, Junio 20, 2018

Escritores y Lectores

Hay 15 invitados y ningún miembro en línea

Descubrir...

Twitter


Safe Creative #0910120060733